segunda-feira, 25 de junho de 2012

A HUMILDE CASINHA ONDE NASCEU O MESTRE IRINEU

casadomestreirineu11111 trb
A HUMILDE CASINHA ONDE MESTRE IRINEU NASCEU

Os pais de Mestre Irineu, Joana e Sancho foram casados durante doze anos. Após a separação de Sancho, Joana passou a viver com Ezequiel de Mattos, com quem teve mais dois filhos. Irineu era o primogênito da primeira união de Joana. Nasceu na localidade de Santa Tereza, o antigo Bairro do Limão, nos arredores de São Vicente Férrer, no dia quinze de dezembro de 1890, em uma PEQUENA CASINHA feita de “pau a pique”(madeira e barro) coberta com palha.
Esta casinha feita toda com barro onde Mestre Irineu nasceu pegou fogo muitos anos após sua partida. Posteriormente foi construída outra nos mesmos moldes de construção em cima dos antigos alicerces (MOREIRA; MACRAE, 2011, p. 70 e 119).
A foto da casinha foi tirada por Eduardo Bayer Neto quando esteve em São Vicente Férrer, em 1992. Em nossa pesquisa de campo a São Vicente Férrer – MA em janeiro de 2007 fomos ao local da casinha na companhia de seu Daniel, sobrinho de Mestre Irineu. Nesta ocasião, só encontramos os alicerces da casinha onde nasceu o Mestre Irineu.


“SOU HUMILDE” 
(Mestre Irineu)


Chamei lá nas alturas
a minha mãe me respondeu
sou humilde, sou humilde,
sou humilde um filho seu


A minha Mãe que me ensinou
Para sempre a Deus louvar
Para sempre, para sempre
Para sempre aonde está


Sou filho da verdade
E do poder universal
Para sempre, para sempre
Para sempre acreditar.


Referências bibliográficas


MOREIRA, Paulo; MACRAE, Edward. “EU VENHO DE LONGE: Mestre Irineu e seus companheiros”, Salvador, Bahia, EDUFBA, EDUFMA, ABESUP, 2011.

  Receba as publicações "Eu Venho de Longe: Mestre Irineu e seus companheiros" por e-mail   

Informe seu email para receber novos artigos


0 comentários:

Postar um comentário